Fatsusprancheta%2b1

Faturamento SUS 26/10/2018 em Rio de Janeiro - Capital

Descrição do curso

Curso de Faturamento SUS em Rio de Janeiro - Capital

Carga horária: 8 horas aula

Dia: 26/10/2018 

Horário: 09h às 17h

Local: Rua Quitanda, 187 - 3° andar - RJ/Centro


INVESTIMENTO 257,00

Consulte condições de pagamento.

Incluso: Material didático; Certificado e Coffee Break


Categoria: Realizados

Informações gerais

Conteúdo
  • • Boas práticas;
  • • CNES, importância na Gestão Hospitalar e no processo de faturamento;
  • • Tabela Unificada SUS (SIGTAP);
  • • Sistemas, Manuais e recursos utilizados;
  • • AIH / BPA-I / BPA-C / APAC / CIHA;
  • • AIH Cirurgia Múltipla e Outros Cirurgias Sequenciais;
  • • Solicitação de nova AIH, mudança de procedimento e Alta Administrativa;
  • • Pontos de Atenção na Cobrança;
  • • Procedimentos que agregam valor na AIH;
  • • Permanência Maior;
  • • Cálculo do serviço profissional;
  • • SUS Fácil (Sistema de Regulação);
  • • Análise “básica”do faturamento da instituição no TabWin;
  • • História do SUS;
  • • Tendências 2018/2019
Objetivo

Além das regras oficiais para execução de um bom faturamento, a integração entre setores, qualidade dos dados contidos no prontuário, legislação e regras SUS. No entendimento de que o faturamento hospitalar começa fora do setor de faturamento, lá na recepção, passando por todos os profissionais da assistência (Médicos, Enfermeiros, Técnicos, SADT´s) e diversos outros setores, serão 8 horas de partilha sobre o tema.

Não perca esta oportunidade, sua instituição pode estar perdendo recursos e/ou necessitando de melhorias no faturamento. Encaminhe para o evento coordenação da recepção, coordenador da enfermagem, responsável pelo SADT, TI, Secretária de Clinica e, claro, sua equipe de faturamento.

Exemplificando, de forma bem simples, a falta do código SISPréNatal no prontuário da gestante impossibilita o lançamento do procedimento que remunera ao Hospital 40,00 por parturiente. 40,00 "extra" na AIH de parto... Mas, precisa do código SISPRENATAL, e este dado deve ser providenciado durante a internação da paciente, na recepção, ou enfermagem, ou pré-faturista, enfim, antes efetivamente do prontuário chegar até o setor de faturamento

Público alvo

Profissionais da área da saúde, com vinculo ao faturamento SUS. Profissional do Setor de Faturamento, coordenação da recepção, coordenador da enfermagem, equipe de enfermagem, responsável pelo SADT, TI, Secretária de Clinica, setor de contratos / administração

Metodologia

Conteúdo teórico;

Aula praticas;

Disponibilização de material didático.

Certificado

A certificação será disponibilizado para o participante por meio eletrônico e impresso.

Professores

Flávio Coimbra

MBA Gerenciamento de Projetos com Ênfase em Tecnologia da Informação (FGV – Fundação Getúlio Vargas) 

Gestão e Auditoria em Saúde (Instituto de Ensino e Pesquisa - Santa Casa de BH)

linkedin.com/in/flaviofcoimbra

Comece agora